ALAVITA

Hey mama, você já se encontra aprendendo as mesmas lições de vida vezes sem conta? Pouco depois do meu primeiro filho nascer, postei um blog sobre como foi difícil para mim deixar o controle durante a gravidez. Agora, 26 semanas após a gravidez # 2, Eu re-li aquele blog e me pergunto, Eu não aprendi nada?!? Mais uma vez, tenho dificuldade em aceitar a minha experiência tal como ela é.

especialmente a falta de energia. Estou cansado de estar cansado. Recentemente deparei-me com este artigo sobre porque é que os sestas são tão importantes durante a gravidez. Um grande lembrete para esquecer de tentar controlar o que sinto e confiar que tudo é como deveria ser… mais fácil dizer do que fazer… especialmente com 18 m. velho para perseguir e um trabalho a tempo inteiro no mundo de um homem que não abranda para a gravidez.

in addition to the fatigue, the bloating really gets me.

eu parecia grávida de 20 semanas em apenas 10 semanas. Quase assim que fiz um teste de gravidez positivo, não consegui abotoar as calças. Eventualmente inchou e transformou – se num galo de bebé, mas a sensação desconfortável de uma barriga excessivamente inchada continua. Aparte os meus problemas pessoais, o inchaço é provavelmente a queixa mais comum entre as mulheres com quem trabalho. Já percebi. Inchaço é tão desconfortável e fica no caminho de viver sua vida confiante. Eu não posso eliminar inchaço all-together, mas eu posso compartilhar estratégias que achei mais útil para reduzir o inchaço durante a gravidez e além:

1. TOME PROBIÓTICOS.As bactérias colónicas florescentes são essenciais para a saúde digestiva. Os bugs “bons” podem digerir fibras que você não pode, ajudando a promover a motilidade e eliminação do intestino (ou seja, tirar o gás em vez de prendê-lo em seu intestino). Recomendamos que todas as mães grávidas e lactantes (e seus recém-nascidos) tomem um probiótico. Saiba mais e veja nossas recomendações específicas.

2. COMER ALIMENTOS FERMENTADOS.Think kefir, yogurt (com” live active cultures”), miso, sauerkraut, kimchi e tempeh. Estes alimentos embalam bilhões a trilhões de bactérias benéficas em cada mordida que melhoram a sua digestão. Apimenta a tua rotina de jantar com esta Receita Bibimbap de 30 minutos feita com kimchi rico em probióticos.

3. COME FIBRA. Estou a falar de uma variedade de vegetais, frutos frescos, nozes, sementes e grãos inteiros. Para aqueles novos a comer uma grande quantidade de fibra, você pode notar mais gás inicialmente, mas o seu corpo em breve se ajustará. Fibra é alimento para os probióticos que você está tomando e faz com que as coisas se movam para evitar a constipação e reduzir o inchaço.

4. COMER REFEIÇÕES PEQUENAS E FREQUENTES.Ao contrário de grandes refeições que são mais difíceis de digerir e abrandar o seu sistema, as refeições mais pequenas passam mais depressa. Não é preciso limitares-te a comer “snack” sem nutrientes. Em vez disso, pense em cada ocasião de comer como uma oportunidade para nutrir você e o bebê-a-ser com mini-refeições. Uma salada ou uma sanduíche pode ser um lanche (também conhecido como mini-refeição)!

5. BEBA MAIS ÁGUA (COM LIMÃO).Inchaço pode ser a forma de o seu corpo se segurar à água. Manter-se bem hidratado diz ao seu corpo que pode largar. A hidratação também alivia a prisão de ventre, e, portanto, inchando. O limão é um diurético natural e desintoxicante, e torna a água potável mais apetitosa. Bota abaixo!

~~

BÓNUS PARA MASTIGAR BEM! A mastigação é o primeiro passo para a digestão. Quando mastigas, a tua comida combina-se com uma enzima na tua saliva chamada amilase, que começa o colapso de amidos e fibras. Mereces ter tempo e apreciar a tua comida, Mamã!

~~

a digestão é uma coisa muito pessoal e não há Tamanho único para todos. É por isso que descobrir o que funciona melhor para ti é tão importante. Estamos aqui para ajudar!

Leave A Comment